Ministério do Turismo, Governo de Minas Gerais, Fundação Clóvis Salgado e Instituto Unimed-BH apresentam

PROGRAMAÇÃO DA TEMPORADA DA ÓPERA ON-LINE 2021

Academia de Ópera – Dramaturgia e Processos Criativos

 

Agosto a dezembro de 2021

Eixo I: Ateliê de Criação (Inscrições encerradas)
25 de agosto a 26 de outubro de 2021

Ao longo de sete semanas, o poeta, dramaturgo e roteirista Geraldo Carneiro orientará a escrita de libretos para cinco breves óperas de câmara a serem criadas em colaboração com os compositores brasileiros André Mehmari, Denise Garcia, Antonio Ribeiro, Mauricio De Bonis e Thais Montanari.


MÓDULO 1: Criação de Libretos

O primeiro módulo é um espaço de experimentação, pesquisa e criação, onde serão desenvolvidos libretos para cinco breves óperas de câmara, a partir da obra de um escritor mineiro. Dentre os participantes, cinco serão selecionados para a escrita dos libretos.

Artista orientador: Geraldo Carneiro


MÓDULO 2: Compositores

Neste segundo módulo, os compositores são convidados a conversar com os participantes do Ateliê sobre o ofício do compositor, suas reflexões pessoais acerca da escrita musical para espetáculos cênicos, dentre outros assuntos relacionados ao processo de criação de uma obra operística.

Compositores: André Mehmari, Denise Garcia, Antonio Ribeiro, Thais Montanari, Maurício de Bonis


MÓDULO 3: Conversas com Artistas

No terceiro módulo, renomados artistas brasileiros e estrangeiros (libretistas, encenadores, compositores, maestros e cantores) do campo operísticos são convidados para conversar com os participantes do Ateliê.

Convidados: Karen Acioly, Silvio Viegas, Nicholas McNair, Lívia Sabag, Gabriel Rhein-Schirato


MÓDULO 4: Dramaturgia Musical

Aulas e palestras sobre aspectos históricos e teóricos da dramaturgia musical, com pesquisadores e artistas brasileiros e estrangeiros.

Convidados: Angela Beuler, Mauricio De Bonis, Jelena Novak, Marcus Mota, Johannes Blum, Gabriel Rhein-Schirato


MÓDULO 5: Orientações Individuais

Sessões de orientação individual entre o artista orientador e os cinco participantes selecionados para a criação dos libretos.

Orientador: Geraldo Carneiro


MÓDULO 6: Crítica Cultural Especializada em Ópera

Este módulo, onde serão desenvolvidas atividades teóricas e práticas, é dedicado à reflexão e à produção do jornalismo cultural especializado em ópera. A partir de reflexões e exercícios sobre as atividades e aulas da Academia, os participantes irão produzir conteúdo como entrevistas e crônicas e, ao final do processo, irão escrever críticas sobre o espetáculo de encerramento. Alguns dos textos criados ao longo do processo serão publicados em uma página dedicada à Academia no Site CONCERTO, da Revista CONCERTO.

Orientador: João L. Sampaio

Eixo 2: Ações externas – Mesas de Debate, Conversas e Entrevistas
25 de setembro a 27 de novembro

As ações externas acontecerão aos sábados, de 18 de setembro a 27 de novembro, sempre às 15 horas, e serão formadas por mesas de debate, conversas e entrevistas com renomados artistas, pesquisadores e jornalistas brasileiros e estrangeiros sobre dramaturgia, composição, encenação, programação no campo da ópera e jornalismo musical.

25 de Setembro | 15 às 17h
Mesa Redonda 1 – Escrever o nosso tempo
Mediação: Julianna Santos
João Guilherme Ripper
João Luiz Sampaio
Karen Acioly

02 de Outubro | 15 às 17h
Mesa Redonda 2 – Dramaturgia além da escrita
Mediação: Yuri Colossale
Johannes Blum
Jelena Novak
Allex Aguilera

09 de Outubro | 15 às 16h
Conversa 1 com Geraldo Carneiro
Mediador: João Luiz Sampaio

16 de Outubro | 15 às 17h
Entrevista com Bernard Focroulle
Entrevistadores: Livia Sabag e Gabriel Rhein-Schirato

23 de Outubro | 15 às 17h
Entrevista com João Guilherme Ripper    Entrevistador: Nelson Rubens Kunze

30 de Outubro | 15 às 17h

Mesa Redonda 3 – A jornada do trabalho do Ateliê
Mediação: Gabriel Rhein-Schirato e Livia Sabag     

Geraldo Carneiro 

Thais Montanari 

 Antonio Ribeiro 

Bruna Tameirão 

Julliano Mendes

06 de Novembro | 15 às 16h
Mesa Redonda 4 – Programação, gestão de equipes e processos colaborativos
Mediação: Gabriel Rhein-Schirato e Livia Sabag

Luciana Salles

Ricardo Appezzato 

Paulo Zubem   

Jena Vieira

13 de Novembro | 15 às 17h

Mesa Redonda 5 – Dramaturgia musical: reflexões sobre criações musicais no século XXI
Mediação: Yuri Colossale

Marcelo Amalfi   

 Angela Beurle 

Nicolás Boni

20 de Novembro | 15 às 16h
Conversa 2 com João Pedro Cachopo
Antônio Araújo   

Luís Soldado

27 de Novembro| 15 às 17h

Conversa 3 com Claudia Alvarenga

Gabriela Geluda

Eixo 3: Montagem do Ateliê de Criação: Viramundo – Uma ópera contemporânea

A montagem das cinco óperas compostas no Ateliê de Criação acontecerá no dia 21 de dezembro de 2021, às 20h, no Grande Teatro Cemig Palácio das Artes.

Viramundo – Uma ópera contemporânea – composto por cinco óperas curtas criadas livremente sobre o romance O Grande Mentecapto, do escritor mineiro Fernando Sabino.

O espetáculo Viramundo – Uma ópera contemporânea reúne cinco obras concebidas especialmente para essa montagem, assinadas por libretistas brasileiros. Eles foram selecionados para o Ateliê de Criação: Dramaturgia e Processos Criativos, realizado no segundo semestre. O Ateliê é um dos três eixos das atividades de formação da Academia de Ópera nesta edição 2021 da Temporada. São óperas curtas, cada uma com cerca de dez minutos de duração que refletem o resultado de uma especialização inédita em dramaturgia operística oferecida por uma instituição no país.

Com encenação da diretora, atriz e dramaturga Rita Clemente e regência de Gabriel Rhein-Schirato, espetáculo com a Orquestra Sinfônica de Minas Gerais, o Coral Lírico de Minas Gerais e solistas convidados, será apresentado no dia 21 de dezembro, no Palácio das Artes, às 20h.

Para musicar os textos elaborados pelos dramaturgos Bruna Tameirão (O Julgamento), Djalma Thürler (Não gosto de corpo acostumado), Juliano Mendes (Vira Mundo, Vira Flor), Luiz Eduardo Frin (Circunvagantes) e Ricardo Severo (As três mortes de Geraldo Viramundo), foram convidados os compositores André Mehmari, Antonio Ribeiro, Denise Garcia, Maurício de Bonis e Thais Montanari, artistas que participaram do Ateliê. Após dois meses de processo criativo, chegou o momento de conferir tudo isso no palco do Palácio das Artes.

Concerto Stabat Mater – O Drama do Barroco Italiano

28 de agosto às 20h30
Evento Híbrido – presencial e transmissão on-line ao vivo

O concerto marca a volta da Orquestra Sinfônica de Minas Gerais ao palco do Grande Teatro Cemig Palácio das Artes, após um ano e meio de trabalho em regime exclusivamente remoto. Unindo toda elegância e graciosidade da música clássica e a dramaticidade da música barroca, a regência fica à cargo do Maestro Titular da OSMG, Silvio Viegas, e a apresentação é conta com a participação especial dos solistas convidados Pablo Rossi (piano), Lina Mendes (soprano) e Juliana Taino (mezzo soprano), grandes destaques no cenário da música erudita mundial.

• Concerto para Piano e Orquestra N° 12, de Wolfgang Amadeus Mozart
• Sinfonia Al Santo Sepolcro, de Antonio Lucio Vivaldi
• Stabat Mater, de Giovanni Battista Pergolesi

Ingressos: eventim.com.br*

Ópera! O podcast da música lírica

30 de setembro a 25 de novembro

A série “Ópera! O podcast da música lírica” é uma das novidades da edição Temporada de Ópera on-line 2021. Com concepção e direção de João Luiz Sampaio (editor executivo da Revista Concerto, colaborador do jornal O Estado de S. Paulo e organizador da coletânea “Ópera à Brasileira”) e Nelson Rubens Kunze (fundador, diretor e editor da Revista Concerto e do site Concerto), a série de podcasts reunirá 5 episódios, que serão publicados entre os meses de setembro e novembro.

30 de setembro | Episódio 1 – Voz: a alma da ópera

14 de outubro | Episódio 2 – Vida de maestro

28 de outubro | Episódio 3 – Como nasce uma direção cênica?

11 de novembro | Episódio 4 – Da partitura ao palco, a ópera brasileira

25 de novembro | Episódio 5 – Quanto custa uma ópera?

Mostra de Cinema e Ópera

5 de outubro a 25 de novembro
Curadoria: Julianna Santos

Mesmo quem nunca viu ou ouviu uma ópera inteira, quando passa por ela, não é sem afeto que esse encontro se dá. É uma arte que pode reunir em si tantas outras artes e no seu âmago está a própria questão do sensível, daquilo que atinge e expressa as emoções mais profundas e humanas. Desse encontro com tantas outras formas de expressão artística, surge uma influência mútua. O cinema desde seu berço interage largamente com o gênero. Diversos filmes trazem, de diferentes maneiras e em diversos contextos, o “operístico”, seja na música, na linguagem ou nas situações. A ópera, assim como outras artes está inserida na história de forma dinâmica e reflete a realidade social de cada momento, seja através desse encontro permanente com outras áreas, seja através da descoberta novas linguagens, o que se dá através de obras contemporâneas ou mesmo obras do passado que podem ainda hoje ressoar na vida das pessoas, das mais diversas formas. 


Ópera “Tolomeo e Alessandro” 

23 de outubro

com música de Domenico Scarlatti e libreto de Giuseppe Capece a ópera barroca italiana foi encenada sob a direção musical e artística de Robson Bessa, direção vocal de Sérgio Anders e direção cênica de Francisco Mayrink. O espetáculo, que ganhou sua primeira montagem nos palcos da América, teve o patrocínio do Consulado da Itália, a correalização da OPEMG Cia de Ópera Barroca, da Musica Figurata e da Appa Arte e Cultura. A aclamada estreia aconteceu no Grande Teatro CEMIG Palácio das Artes com a plateia restrita por conta dos protocolos de segurança da Covid, com transmissão no canal da FCS no YouTube. 

Mesas Comemorativas 50 anos Fundação Clóvis Salgado

Acesso aberto ao público, não há limite de participantes

Mediação: Gabriel Rhein-Schirato (SP)

Convidados: Marcelo Ramos (MG), Eliane Parreiras (MG) e Márcio Ângello (MG)

A celebração da memória de dois artistas fundamentais para o desenvolvimento da ópera em Minas Gerais nos últimos 50 anos: Luiz Aguiar, maestro, pesquisador e professor e Raul Belém Machado, arquiteto, cenógrafo, figurinista e Coordenador Artístico do Centro Técnico de Produção da Fundação Clóvis Salgado. 

Data: 7/11 (sábado)

Hora: 18h

Mediação: Gabriel Rhein-Schirato (MG)

Convidados: Vânia Soares (MG) e Celme Valeiras (MG), do Coral Lírico de Minas Gerais, e Miriam Viana (MG) e Flávio Tadeu (MG), da Orquestra Sinfônica de Minas Gerais.

A importância de cada profissional que dedicou – ou ainda dedica – tantos anos de sua carreira ao Palácio das Artes. A importância de quem está sob os holofotes e de quem trabalha diuturnamente nos bastidores pelos espetáculos da casa. Uma conversa sobre fatos memoráveis.

Data: 21/11 (sábado)

Hora: 18h